A mulher e atividades físicas ideais para cada idade


>



  Atividade física faz bem para o corpo e para a mente, basta escolher a mais adequada para você

Escolher uma atividade física para chamar de sua é algo bastante pessoal. O ideal é encontrar aquela que faça bem para o corpo e também para a mente, ou seja, que seja algo prazeroso e divertido, ou será difícil mantê-la na rotina.

As academias oferecem cada vez mais e mais opções de aulas e pode até ser complicado saber por qual atividade física optar no meio de tanta coisa. Uma dica é seguir as necessidades do corpo de acordo com a faixa etária. Uma adolescente ou jovem mulher pode se sentir mais à vontade em uma aula vigorosa, já aquelas com mais de 50 anos devem se preocupar em dar uma ênfase a preservação de músculos e tecidos para o bem-estar. 

Para saber mais detalhes, Gisele Almeida, líder técnica da rede de academias Bluefit, monta uma lista de atividades de acordo com a idade da mulher. Tem sugestão desde a adolescente de 12 anos até a mulher com mais de 50. 

Dos 12 aos 19 anos

Esse é o momento que a mulher torna o exercício um hábito. Além disso, ela ressalta que praticar uma atividade ajuda a jovem a conhecer melhor o corpo, que ainda está em desenvolvimento, e isso pode contribuir para a autoestima e também para entender e acompanhar as mudanças hormonais dessa fase. 

A sugestão é procurar atividades divertidas e também aquelas de alto gasto calórico, já que não falta energia aos adolescentes. Algumas opções são: 

  • Aulas de damças
  • Atividades aeróbicas (caminhada, corrida)
  • Lutas (muay thai e jiu jitsu)

Dos 20 aos 29 anos

Aqui já estamos falando de mulheres adultas, que geralmente precisam conciliar o tempo na academia com outras atividades, como o trabalho e cuidados com a família. Por isso, vale uma atividade que além de cuidar do corpo, ajude a revigorar as energias ou seja uma válvula de escape para as tensões do dia a dia. 

É nessa fase que as mulheres estão mais preocupadas em como entrar em forma, portanto aulas e exercícios que queimem bastante calorias e ainda ajudem a definir o corpo, como o muay thai, são bem-vindas. 

Veja algumas sugestões da especialista para quem está na casa dos 20 anos de acordo com diferentes objetivos: 

    • Musculação: é um clássico e excelente opção para definir e conquistar o corpo malhado. Também é uma atividade interessante quando o assunto é aumentar a massa óssea, fator importante para quem está pensando em ser mãe em breve e também para evitar problemas que chegam com o avançar da idade, como a osteoporose.
    • Corrida: indicado para quem busca condicionamento físico e emagrecimento.
    • Pilates ou alongamento: são atividades que ajudama relaxar e trazem sensação de bem-estar. Além disso, também propiciam benefícios para o corpo, como melhora na postura, fortalecimento do core e prevenção de lesões.
    • Aulas de ginástica: a lista é grande e você pode escolher práticas como j ump, HIIT,  funcional ou danças. Aulas em grupo são animadas e um aluno incentiva o outro a não desistir.
    • Lutas: aulas de muay thai e jiu-jitsu também fazem  sucesso as  mulheres. As lutas geralmente representam alto gasto calórico, ou seja, ajudam a emagrecer e melhoram condicionamento físico, e ainda servem como uma forma de aliviar o estresse.

    Dos 30 aos 39 anos

    A necessidade e os objetivos seguem parecidos com a faixa etária anterior, mas agora ainda há mais chances de termos mulheres já com filhos e também ainda mais estressadas com as cobranças do trabalho.

    As atividades do item anterior seguem como sugestões, e Gisele ainda completa, afirmando que a musculação nessa fase auxilia também no combate à flacidez, que pode já começar a incomodar, além de ajudar na prevenção de males como osteoporose, artrose, diabetes e hipertensão. A lista de sugestões fica assim: 

    • Aulas de ginástica
    • Lutas
    • Musculação
    • Atividades aeróbicas (caminhada, corrida)

    Dos 40 aos 49 anos

    A idade já avançou um pouco mais e chega a hora de cuidar do corpo não apenas pensando na parte estética, mas também olhando cada vez para a saúde. Nesta fase, o organismo já começa a passar por uma desaceleração metabólica e a atividade física ajuda a manter a disposição do dia a dia, o bom funcionamento do organismo, a autoestima e a qualidade dos movimentos.

    Vale apostar em: 

    • Atividade física aeróbica (caminhada, corrida)
    • Musculação
    • Ginástica (treino de abdominal, treinamento funcional)
    • Alongamento
    • Pilates

    Acima dos 50 anos

    A lista de atividades segue a mesma da anterior, mas é preciso se preocupar ainda mais com os sinais da idade no corpo. Será preciso cada vez mais um reforço na musculação, já que há uma desaceleração metabólica e também perda de massa muscular nesta idade. 

    O treinamento adequado vai ajudar a chegar à terceira idade com mais disposição e tamb;em mais qualidade nos movimentos, por isso o treino funcional, que simula movimentos comuns do dia a dia, como subir e descer escadas, é tão interessante até aqui. 

    É importante manter a atividade física depois dos 50, dos 60... 

    Atividade física na TPM e na menstruação

    Durante boa parte da vida, as mulheres ainda têm de lidar com o período pré-menstrual, a TPM e a menstruação em si. Segundo Gisele, a atividade física também pode ajudar nesses momentos. 

    Especialistas defendem que a atividade física leve e a moderada contribuem para o alívio de dores como cólicas e outros incômodos. Você pode optar por caminhada, treinos de bicicleta ou alongamento. Muitas vezes, bate um cansaço a mais nesse período, mas segundo a profissional da BlueFit, vale buscar energia extra e se dedicar a uma atividade que logo conseguirá notar os benefícios no corpo. Até um treino leve de musculação pode ajudar. 

    A mulher e atividades físicas ideais para cada idade A mulher e atividades físicas ideais para cada idade Revisado by Faça Fisioterapia on 08:01 Nota: 5