O primeiro contato que eu tive com a Fisioterapia na Ginecologia foi uma paciente gestante, que chegou até a mim por causa das dores na col...

Hidroterapia em Gestantes


http://www.amaralnatacao.com.br/wp-content/uploads/hidrogestante.jpg


O primeiro contato que eu tive com a Fisioterapia na Ginecologia foi uma paciente gestante, que chegou até a mim por causa das dores na coluna. Ela tinha entrado no segundo trimestre e as dores estavam incapacitando-a. E a hidroterapia foi a minha "arma" para conseguir reabilitar essa paciente.

A água além de relaxante é um meio onde os exercícios não reflete impacto devido a força de empuxo presente e é de fácil aceitação para o corpo.

As sessões começavam com uma caminhada dentro da piscina, que durava em média 5 minutos, e alongamento dos grupamentos musculares, completando assim 10 a 15 minutos de aquecimento; depois são realizados os exercícios direcionados ao fortalecimento de grupos musculares específicos, além de exercícios respiratórios e de reeducação postural. Essa segunda etapa dura em média 35 minutos. Ao final da sessão, deve ser feito também um relaxamento, que tem o objetivo de promover a estabilização das frequências cardíaca e respiratória, além de relaxar as musculaturas ainda sob alguma tensão, durando cerca de 10 minutos

Durante as sessões, o corpo todo da gestante é trabalhado (respeitando os limites fisiológicos da situação) no que refletirá em ganhos musculares, cardiorespiratórios e emocionais. Os músculos são exercitados de forma manter o seu trofismo e funcionar, através dos movimentos, como bomba de impulso para otimizar a circulação sanguínea e minimizar os edemas das pernas. O momento do parto é estudado e os movimentos são ensinados para que na hora, menos energia seja gasta e a concepção seja mais rápida. As posturas corretas são ensinadas bem como os padrões para respiração, isso minimiza as dores, principalmente, as lombares. Exercícios específicos para fortalecimento da musculatura interna do períneo também são realizados para manter o tônus, evitar lacidão e cirurgias no futuro.

Dvd de Hidroginástica em Gestantes

Os principais efeitos da prática de atividade física sobre o corpo da gestante incluem o alívio da sintomatologia dolorosa, como as lombalgias; a melhora da circulação de retorno, tanto linfática quanto venosa, auxiliando na redução dos edemas da gravidez; promove uma reeducação postural, já que a gestação altera a posição do centro de gravidade da mulher; melhora o tônus muscular e promove um maior relaxamento; melhora a função intestinal, pois a obstipação é uma queixa comum entre as gestantes; melhora o condicionamento do aparelho cardiorrespiratório; facilita o trabalho de parto, tornando-o mais efetivo e menos doloroso; promove uma recuperação mais rápida do parto, além de aumentar a auto-estima da gestante, proporcionando um bem-estar físico e emocional.

Para fisioterapeutas que desejam ter material para a fisioterapia na Ginecologia, recomendo o Cd de Fisioterapia na Ginecologia, com artigos e matérias sobre gestantes e outros assuntos.

Mulheres que têm o início da menstruação e da menopausa mais tarde na vida têm mais chances de chegar aos 90 anos, segundo um estudo da Un...

Menstruar e ter menopausa mais tarde aumentam chance de viver até os 90


Menopausa coração (Foto:  Burger/Phanie/Arquivo AFP)

Mulheres que têm o início da menstruação e da menopausa mais tarde na vida têm mais chances de chegar aos 90 anos, segundo um estudo da Universidade da Califórnia em San Diego.

Para chegar à conclusão, os pesquisadores avaliaram dados de cerca de 16 mil mulheres que participam da pesquisa Women's Health Initiative (WHI), iniciativa para estudar mulheres na fase pós-menopausa. Elas foram acompanhadas por 21 anos.

A pesquisa concluiu que as mulheres que começaram a menstruar mais tarde tiveram menos risco de desenvolver alguns problemas de saúde, como doenças coronarianas. Além disso, aquelas que entraram na menopausa mais tarde tiveram mais chances de apresentar uma saúde excelente.

Mulheres com esse perfil também apresentaram menor probabilidade de serem fumantes ou terem um histórico de diabetes. "Fatores como o fumo podem danificar o sistema cardiovascular e os ovários, o que pode resultar em uma menopausa precoce. Mulheres com menopausa tardia e uma vida reprodutiva mais longa podem ter um risco diminuído de doenças cardiovasculares, diz Aladdin Shadyab, um dos autores do estudo.

"Nosso estudo descobriu que mulheres que começaram a menstruar com 12 anos ou mais e entraram na menopausa, tanto naturalmente quanto cirurgicamente, com 50 anos ou mais e tiveram mais de 40 anos de vida reprodutiva tiveram chances maiores de viver até os 90 anos", afirmou Shadyab.
Os resultados da análise foram publicados no fim de julho na revista médica "Menopause".

A Fisioterapia em Urologia e Uroginecologia consiste no tratamento de disfunções do assoalho pélvico como a incontinência urinária por esf...

Mitos e curiosidades sobre Fisioterapia na Uroginecologia


Aquaterapia

A Fisioterapia em Urologia e Uroginecologia consiste no tratamento de disfunções do assoalho pélvico como a incontinência urinária por esforço, incontinência urinária de urgência, incontinência fecal, obstipação, algias pélvicas além de disfunções pélvicas causadas por alterações neurológicas. A fisioterapia em uroginecologia também é indicada para tratar graus leves de prolapsos, como a popularmente conhecida, "bexiga caída".

Antes de iniciar o tratamento, o fisioterapeuta especializado nesta área deverá realizar uma avaliação minuciosa, além de reavaliações periódicas, e através destas, orientar, prevenir e tratar disfunções pélvicas em indivíduos de ambos os sexos.

O objetivo principal é readquirir o controle sobre a musculatura do assoalho pélvico, podendo contribuir para postergar e até mesmo evitar a necessidade de intervenção cirúrgica.

O tratamento engloba diversos recursos, como a cinesioterapia, biofeedback, estimulação elétrica, exercícios proprioceptivos, além de exercícios e orientações domiciliares, como o diário miccional. Estas disfunções costumam ser mais comuns em idosos, mulheres que se submeteram ao parto normal e pessoas que realizam atividades físicas de alto impacto. O tratamento consiste na realização de exercícios que associam contrações e respiração e as sessões duram 50 minutos.

Veja o video sobre Mitos e curiosidade sobre Fisioterapia na Uroginecologia:

Faça Fisioterapia