Veja tratamentos mais adequados para eliminar celulite







A celulite é uma das maiores inimigas das mulheres na hora de vestir o biquíni.

A fisioterapeuta com pós-graduação em Fisioterapia Dermato Funcional Vanessa Tellitu Grendene destaca que existe uma infinidade de tratamentos estéticos contra a celulite, dos mais simples aos mais tecnológicos. "A indicação adequada depende de uma avaliação detalhada de casa caso, já que se trata de uma patologia multifatorial e pode ter uma combinação de alterações de pele, músculo e gordura em maior ou menor grau de gravidade", informa.

Os tratamentos mais comuns, de acordo com Vanessa, são a massagem modeladora, a drenagem, a endermologia (massagens com auxílio de aparelho a vácuo), o manthus, a corrente russa e a carboxiterapia (por meio de tratamento médico). "Existem também aqueles que associam várias tecnologias, potencializando ainda mais os resultados quando se faz necessário", completa. O tempo de duração do procedimento varia conforme a indicação, levando, geralmente, de um a dois meses e meio.

O melhor, contudo, é que os tratamentos intensivos tenham início por volta do mês de setembro, a fim de obter resultados para o verão. "O ideal é manter a continuidade durante todo o ano, uma manutenção que não necessite uma frequência tão grande." Os resultados dependem de fatores como a técnica realizada e da gravidade do caso, mas normalmente começam a aparecer de duas a três semanas, podendo levar mais tempo em casos de radiofrequência. "Sempre é necessário realizar uma manutenção e um acompanhamento conforme as necessidades de cada um", destaca.

Para não agravar a celulite, a profissional indica uma combinação do estilo de vida com cuidados com a saúde. Atividades físicas regulares, principalmente de exercícios aeróbicos, uma alimentação balanceada e uso de cremes para gordura localizada associado à massagem para melhor absorção são algumas das sugestões. Além dos tratamentos estéticos, cápsulas para redução de retenção hídrica e um consumo diário de líquidos como água, chás e sucos. O fumo, que aumenta a propensão a problemas circulatórios e consequentemente a celulite, também deve ser evitado.

liege muller (Foto: Arquivo pessoal/Divulgação)

Garota Verão 2002 apostou nas drenagem e massagens para o concurso
A Garota Verão 2002 Liége Müller, 28 anos, conta que tem um cuidado especial com alimentação com muita água e frutas, evitando o refrigerante para combater a celilute. A jovem, que é natural do município de Agudo e hoje mora no Rio de Janeiro trabalhando como atriz, lembra que na época em que venceu o concurso fez bastante seções de drenagem linfática e massagens para reduzir e prevenir o problema. "Notei muita diferença na época. Me ajudou bastante e continuei fazendo após o Garota Verão", diz, comemorando que nunca teve grandes problemas com a celulite.

Atualmente, além da alimentação saudável, Liége faz caminhadas e também mantém as massagens, que a ajudam a não reter líquidos e prevenir o problema. "Tudo o que fazemos na verdade contribui para os resultados, a alimentação, os exercícios físicos", opina.

Alimentação saudável ajuda no combate à celulite
De acordo com a nutricionista Raquel Amaral Marques, algumas mudanças de hábito na alimentação são fundamentais para quem quer diminuir a celulite. A profissional indica reduzir o consumo de carboidratos refinados, como açúcar e pão branco, e também de alimentos com aditivos e corantes. "É importante sempre verificar os rótulos", orienta. Raquel destaca que o melhor é acrescentar à dieta uma boa quantidade de fibras por dia, a exemplo de grãos integrais, frutas e verduras em geral.

A dica é incluir na rotina alimentos antioxidantes e anti-inflamatórios, como açaí, mirtilo, cereja, uva, romã, brócolis, couve-flor e berinjela. "É importante tomar muita água, caprichar na salada com vegetais folhosos escuros, como couve, agrião e rúcula e sempre que possível preferir os alimentos orgânicos", ressalta.

Para completar a dieta, o melhor é evitar o excesso de sal, como salgadinhos e enlatados, e diminuir o consumo de café e álcool. "É fundamental que esses pequenos hábitos sejam incorporados no dia a dia. Fazer mudanças alimentares por uma semana, por exemplo, não vai trazer os resultados desejados. Não custa lembrar que milagres não existem", ressalta a nutricionista.

Estrias devem tratadas fora dos meses quentes
Já o tratamento destinado às estrias, segundo a fisioterapeuta Vanessa, é indicado para ser realizado dos meses de março a agosto, por conta da menor exposição solar. "As estrias são processos cicatriciais, ou seja, uma ruptura tecidual acompanhada de morte celular, e para tratar desta patologia se faz necessário gerar agressões no tecido", informa a profissional. Os tratamentos são indicados conforme a gravidade da estria, como galvanopuntura, peeling de diamante, microagulhamento, além de carboxiterapia, laser fracionado, ácidos e intradermoterapia, estes últimos feitos por um médico da clínica.

Os tratamentos de estrias demoram alguns meses, já que as sessões não podem ser realizadas seguidamente. Para prevenir o problema, o melhor é manter a pele bem hidratada por meio de cremes à base de ureia, óleo de amêndoas puro e ingestão de líquidos.




Capacite-se em assuntos para atender melhor os pacientes:
  • Aprenda Kinesio Tapping Online
  • Cintura Pélvica: Principais alterações posturais e possíveis correções X estética do glúteo
  • Liberação Miofascial Instrumental MioBlaster (IASTM) + Ventosas

  • Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

    Quer anunciar neste blog?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

    Quer sugerir uma pauta?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

    Poste um Comentário

    Tecnologia do Blogger.