10 curiosidades sobre a vagina








Você sabia que os pequenos lábios da vagina contêm tecido erétil como o pênis? E que o lubrificante vaginal tem composto igual ao do óleo de fígado de tubarão, usado em cremes para a pele? Confira essas e outras curiosidades sobre a região íntima feminina, listadas pelo jornal Huffington Post.

Durante a excitação, os pequenos lábios, que contêm tecido erétil, ficam um pouco mais duros. As razões para isso remetem a quando a mulher era apenas um feto com partes andróginas. "Nós todos começamos com os mesmos tecidos nessa área", disse a professora de obstetrícia e ginecologia Shelly Holmstrom, da Universidade do Sul da Flórida, nos Estados Unidos
Foto: Getty Images

1 - Durante a excitação, os pequenos lábios, que contêm tecido erétil, ficam um pouco mais duros. As razões para isso voltam a quando era um feto com partes andróginas. "Nós todos começamos com os mesmos tecidos nessa área", disse a professora de obstetrícia e ginecologia Shelly Holmstrom, da Universidade do Sul da Flórida, nos Estados Unidos. 

2 - Lubrificante vaginal e óleo de fígado de tubarão contêm um composto orgânico chamado esqualeno. O derivado de tubarões costuma ser adicionado aos hidratantes e cremes para a pele, nos quais atua como um emoliente.

3 - A ginecologista Lauren Streicher recomenda lubrificantes à base de silicone em vez dos à base de água, porque duram muito mais tempo e geralmente não contêm propilenoglicol, que é um potencial irritante. No entanto, lubrificante de silicone pode comprometer a integridade de vibradores e outros brinquedos sexuais que também contêm silicone, e pode levá-los a mudar de forma ou quebrar.

4 - Durante anos os cientistas têm tentado encontrar um uso clinicamente útil para o sangue menstrual, que contém células-tronco com a capacidade de se regenerar. Atualmente, essas células estão sendo testadas para a possibilidade de ajudar os pacientes com insuficiência cardíaca.

5 - Depilar a virilha pode causar microtrauma, mesmo quando não dói. O processo de remoção de pelos leva a pequenos cortes e abrasões, que abrem espaço para infecções, explicou a dermatologista Susan Taylor. 

6 - Sexo também pode causar microtrauma no tecido interno, afirmou a professora de obstetrícia e ginecologia Shelly Holmstrom. "Infelizmente para nós, é por isso que as mulheres são muito mais prováveis do que homens a pegarem doenças sexualmente transmissíveis." 

7 - Suor vaginal é normal e uma função necessária. Logo abaixo da pele dos lábios e do clitóris, há centenas de pequenas glândulas que secretam óleo e suor, informou a professora de obstetrícia e ginecologia Shelly Holmstrom. Isso pode proteger a área íntima de atrito e superaquecimento.

8 - É normal que as mulheres (antes da menopausa) tenham corrimento diário. A vagina pode produzir uma média de uma colher de chá de corrimento por dia, que muitas vezes é branco ou transparente e inodoro. Pouco antes da fase de ovulação do ciclo menstrual, o corrimento é mais aguado e elástico. 

9 - Se não aparar os pelos pubianos, não chegam a ficar compridos como os cabelos. É que a fase de crescimento dos pelos pubianos é muito menor que a do cabelo em sua cabeça, contou a dermatologista Susan Taylor. Fora isso, o atrito com a roupa e o movimento normal causam quebras frequentes. 

10 - O tamanho dos pequenos lábios varia em cada mulher.




Capacite-se em assuntos para atender melhor os pacientes:
  • Aprenda Kinesio Tapping Online
  • Cintura Pélvica: Principais alterações posturais e possíveis correções X estética do glúteo
  • Liberação Miofascial Instrumental MioBlaster (IASTM) + Ventosas

  • Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

    Quer anunciar neste blog?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

    Quer sugerir uma pauta?
    Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

    Poste um Comentário

    Tecnologia do Blogger.