A importância dos exames femininos


>



Sentirmo-nos bem não é suficiente para ficarmos tranquilos quanto ao nosso estado de saúde. Todos os dias pessoas aparentemente saudáveis descobrem, a partir de um sintoma ligeiro, uma doença já em fase desenvolvida, que os médicos garantem ter estado presente por longos meses, silenciosamente.

O "exame de saúde" nasce desta noção. Em vez de procurarmos o médico quando nos apercebemos de uma alteração física, consultamo-lo com regularidade.

Pressão

Uma vez por ano, a partir dos 20 anos, para manter a pressão sob controle e evitar riscos de infarte e derrame.

Colesterol

A cada dois anos, a partir dos 30 anos, para evitar riscos de infarto.

Densitometria óssea

Uma vez por ano, depois da menopausa, para descobrir a evolução da perda óssea.

Mamografia


A primeira com 35 anos e uma por ano depois dos 40 anos, para detectar o câncer de mama precocemente.

Papanicolau e colposcopia

Uma vez por ano depois da primeira relação sexual, para detectar alterações no útero e ovário.

Ultrassom das mamas

Uma vez por ano, a partir da primeira menstruação, para mulheres com histórico de câncer na família para detectar tumores.

Ultrassom transvaginal

Nas mulheres que não estão grávidas, serve para detectar possível câncer de endométrio. Deve ser feito anualmente.

Autoexame de mamas

Uma vez por mês, logo depois da menstruação, para detectar secreções, feridas e caroços.

Autoexame da mama

O autoexame deve ser feito mensalmente pela própria mulher após o período de menstruação. Aquelas mulheres que já entraram na menopausa ou que não menstruam por qualquer outra razão devem examinar as mamas uma vez por mês. Se notar nódulos ou se houver secreção ao apertar os mamilos, deve procurar imediatamente o médico.

Importante

Não há limite de idade para iniciar a rotina médica. Caso a mulher fume, esteja acima do peso, tenha antecedentes familiares ou seja sedentária, ela pode começar a partir dos 30 anos.

Exames

Atualmente, a visão da medicina é muito diferente da ciência que dirigia todos os seus esforços para curar doenças. Com o advento dos exames de imagem, como a ultrassonografia ou a tomografia computadorizada, somados aos exames laboratoriais mais precisos, hoje é possível detectar um sem-números de enfermidades na fase inicial, quando ainda não há sintomas de sua existência.

Check-up

O conjunto de exames que todo paciente conhece pela expressão inglesa check-up começou a se tornar popular a partir da década de 1960. No auge do programa espacial norte-americano, os astronautas precisavam ser avaliados com rigor. Para isso, deveriam se submeter a uma série de exames físicos para verificar se estavam aptos ou não para encararem o espaço.

No final da mesma década, o check-up já era indicado pelos médicos para os seus pacientes em geral. Entretanto, naquela época os exames não eram feitos com a intenção de descobrir e prevenir doenças como acontece hoje, mas apenas para auxiliar o médico a fazer um diagnóstico correto, principalmente quando havia dúvidas sobre o quadro de um paciente.

Fonte: JORNAL DO POVO - RS
A importância dos exames femininos A importância dos exames femininos Revisado by Faça Fisioterapia on 09:53 Nota: 5